Arquivo da tag: RECESSÃO

As medidas secretas de Aécio

Correio do Brasil | Leandro Mazzini – de Brasília

21/8/2014 

Aécio Neves (PSDB)

Caso vença a eleição, Aécio Neves (PSDB) vai preparar na transição inevitável pacote de medidas drásticas para recolocar o País no rumo, o Plano Trimestral. A despeito de o Brasil atravessar sem sobressaltos a crise internacional, a economia estagnada e medidas paliativas  de  incentivo  à  indústria  não  têm dado  resultados,  segundo  a  oposição.  OPlano Trimestral, com austeridade total e corte de cargos, é herança do avô Tancredo Neves, guardado a sete chaves desde a sua morte. Por isso o tucano soltou na entrevista ao Jornal Nacional que ‘não vou temer tomar as medidas que forem necessárias’.

Japão anuncia novas reformas para estimular economia

AFP – Agence France-Presse

24/06/2014 

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe anunciou nesta terça-feira novas medidas de reativação econômica, entre elas a redução do impostos para empresas e o estímul ao trabalho das mulheres.

“O governo decidiu hoje reforçar nossa estratégia de crescimento de maneira decidida”, afirmou Abe em coletiva de imprensa transmitida ao vivo pela TV.

Apesar de variar de acordo com a região, o imposto de renda das empresas, um dos mais caros do mundo, atinge uma média de 35% (35,64% em Tóquio) e um peso para as companhias japonesas frente a seus concorrentes no exterior. O governo resolveu reduzir a menos de 30%.

O novo plano faz parte da chamada ‘Abenomics’, a política econômica que o premiê lançou no início de 2013 baseada no gasto público e flexibilização monetária.

As medidas deram impulso à economia japonesa, mas os analistas acham que não são suficientes e pedem reformas estruturais.

Crise na Ucrânia gera recessão na Rússia, segundo FMI

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta quarta-feira que a Rússia entrou em recessão.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta quarta-feira que a Rússia entrou em recessão.

Reuters
RFI

O FMI (Fundo Monetário Internacional) anunciou nesta quarta-feira (30) que a economia russa entrou em recessão, afetada pelas sanções internacionais impostas pelos EUA e a União Europeia, em represália à sua intervenção na Ucrânia.

 

As medidas contra o país tiveram um impacto negativo e desencorajaram os investidores, segundo o representante do Fundo, Antonio Spilimbergo. O FMI considera que um país entra em recessão depois de dois trimestres de crescimento econômico negativo. A economia da Rússia registrou uma contração no primeiro trimestre de 2014 e sofrerá no segundo trimestre, de acordo com o Fundo.

O PIB do país contraiu 1,1% no primeiro trimestre, segundo estatísticas oficiais publicadas na quarta-feira. A previsão dos economistas é uma contração de 3% da economia do país durante todo o ano. Antes da anexação da Crimeia pela Rússa em março, o Banco Mundial já havia sinalizado uma ameaça de recessão, com uma queda no crescimento do país estimada em 1,8%.

A estimativa do FMI é que o PIB (Produto Interno Bruto) da Rússia apresente um crescimento de apenas 0,2%, bem menor do que a previsão anterior, de 1,3%. De acordo com o representante do Fundo, “a situação difícil e incerta, com a possibilidade de novas sanções, influenciam negativamente nos investimentos”.

A fuga de capitais, estimada neste ano em 100 bilhões de dólares também prejudica a Rússia, avalia Spilimbergo. A economia ucraniana ainda está sofrendo os efeitos da crise política entre pró-russos e nacionalistas que toma conta do país desde o final de 2013.