Arquivo da tag: REDES SOCIAIS

Madonna com burca abre guerra nas redes sociais

Diário de Notícias|Portugal| Carolina MoraisHoje

 
A artista lançou polémica entre os seus seguidores
A artista lançou polémica entre os seus seguidoresFotografia © Instagram Madonna

A cantora publicou uma fotografia sua de burca que só deixa visíveis os olhos. Alguns fãs aplaudiram a imagem e outros condenaram-na.

“É esse tipo de dia! #vadiasemarrependimentos”, escreveu Madonna na suá página oficial do Instagram, junto da fotografia. Sendo uma das celebridades mais ativas nas redes sociais, as reações em massa dos seus fãs não surpreenderam.

“Se a mensagem é “A burca é uma prisão”, estou de acordo”, pode ler-se num dos comentários. No entanto, as mulheres, especialmente, expressaram o seu descontentamento. “Sou uma muçulmana que usa burca e ninguém me forçou a fazê-lo. É uma escolha minha, optei por cobrir-me, porque é que tantas pessoas se incomodam?”, escreveu uma outra seguidora.

A verdadeira intenção de Madonna por trás da imagem não é conhecida, mas a imprensa avança que poderá tratar-se de uma campanha de promoção de um futuro disco, de uma tentativa de denunciar a forma como as mulheres árabes são tratadas ou apenas de uma simples provocação.

Esta não é a primeira vez que a artista pop dá que falar nas redes sociais. Há alguns meses, voltou a aumentar o fluxo de comentários quando publicou uma imagem sua com as axilas por depilar.

Jovem francês morre após participar de desafio no Facebook

Jovens marcam desafios pela rede social, mas brincadeira pode acabar mal.

Jovens marcam desafios pela rede social, mas brincadeira pode acabar mal|REUTERS/Dado Ruvic|RFI

A lista de vítimas dos “desafios Facebook” aumenta aos poucos. Um jovem francês de 19 anos morreu nesta quinta-feira (12) na cidade de Béganne (na Bretanha, oeste da França), ao se jogar em um rio com sua bicicleta. “É a primeira morte ligada a tais desafios na França”, disse o coronel Sylvain Laniel. As brincadeiras já preocupam as autoridades francesas.

Com a colaboração de Henrique Valadares

Este desafio, popular nas redes sociais, foi chamado de “Na água ou na mesa”. A missão dos jovens era se jogar na água dentro de 48 horas e se filmar. Caso contrário, o perdedor deveria pagar um jantar à pessoa que o desafiou.

Na cidade de Béganne, os desafiados tinham que se jogar no rio La Vilaine com suas bicicletas. A vítima, acompanhada de outro desafiado e uma terceira pessoa que filmou tudo, teria amarrado a bicicleta na perna, para não perdê-la. “Mas havia 6 metros de profundidade [no porto] e ele não conseguiu subir à superfície”, explicou o coronel Laniel.

Segundo o substituto do procurador local, Igor Souchu, “a vítima tentou várias vezes voltar à superfície, mas não pôde, por causa do peso da bicicleta”. Os dois amigos da vítima, presentes no momento do drama, estão em estado de choque, mas foram ouvidos. Um inquérito foi aberto, mas segundo Souchu, “os vídeos e testemunhos são claros” sobre o que aconteceu.

“Brincadeira dramática e estúpida”

Na quinta-feira, horas antes da morte, a Direção Geral da Polícia Nacional (DGPN) tinha alertado a população contra esses “desafios”, especialmente o “Na água ou na mesa”. Igor Souchu declarou também que “é uma brincadeira dramática e completamente estúpida”. “Esse caso tem que servir de exemplo para que esse tipo de desafio pare.”

O incidente ocorre depois da onda de “neknomination”, quando os desafiados se filmavam bebendo álcool. O desafio “Na água ou na mesa”, algumas vezes com pretextos humanitários, começou há algumas semanas na rede social e a contagiou. Domingo, em Calais (norte da França), a polícia conseguiu evitar um desastre ao dispersar um grupo de participantes. Segundo a polícia, um homem ficou gravemente ferido “com sequelas irreversíveis” após ter mergulhado no mar parcialmente congelado e profundo. O acidente ocorreu no último dia 31, devido ao mesmo desafio.

No mundo inteiro, muitos acidentes graves e alguns mortais foram associados aos desafios Facebook. É o caso especialmente dos Estados Unidos, onde surgiram.

Poema anti-redes sociais torna-se viral

Diário de Notícias|por Paula MouratoHoje

Na era das redes sociais surge o vídeo ‘Look Up’ como uma chamada de atenção para a vida real e para o perigo do isolamento de uma geração que parece não saber viver sem Facebook, Twitter, Instragram e tantas outras redes sociais. Por ironia o vídeo tornou-se viral na web e conta com cerca de 20 milhões de visualizações.

A mensagem resume-se a isto: “This media we call social is anything but, when we open our computers and it”s our doors we shut” que significa numa tradução livre “as redes sociais são alguma coisa mas, quando abrimos os nossos computadores é as nossas portas que fechamos”.

Apelando ao bom senso o vídeo leva o utilizador a pensar sobre a obsessão com os smartphones, tablets e afins em prejuízo da interação com os outros.

Recorda os tempos em que as crianças brincavam na rua, nos jardins, trepavam às árvores e andavam de baloiço. No fundo, lembra a importância do amigo real em detrimento do amigo virtual que não conhecemos e que não nos conhece.

O vídeo refere ainda a perda de capacidade para conversar fora das redes, por parte da geração “online”, que se sente mais confortável escondida atrás das mensagens escritas.

Tudo isto num tempo em que os especialistas alertam para a incapacidade de concentração, fora da rede. Hoje a capacidade de atenção para ler romances ou artigos longos é menor do que 20 minutos. Em contrapartida, na rede, a atenção ao percorrer os feeds de notícias nos sites de notícias ditas cor-de-rosa raramente se dispersa.

Nesta linha o vídeo reforça a importância de colocar os gadgets de lado e “olhar para cima” no sentido de ver o mundo à volta, fora dos ecrãs iluminados.

Esta iniciativa para “uma geração online” pode ler-se no “The Online Citizen”. O vídeo de Gary Turk está no YouTube. Ironicamente tornou-se viral e conta com cerca de 20 milhões de visualizações.

Fotos em apoio a Daniel Alves, vítima de racismo, tomam conta das redes sociais

A foto publicada no Twitter pelo jogador Neymar, que inspirou os internautas brasileiros

A foto publicada no Twitter pelo jogador Neymar, que inspirou os internautas brasileiros

(Foto: @neymarjr/Twitter)
RFI

As mensagens de apoio ao lateral direito Daniel Alves, vítima de um insulto racista durante o jogo entre o Barcelona e Villareal, pelo campeonato espanhol, neste domingo (27), se tornaram um fenômeno nas redes sociais.

 

Daniel Alves se preparava para cobrar um escanteio, quando uma banana foi atirada no gramado. O jogador reagiu ao insulto comendo a banana tranquilamente, antes da cobrança. Em sua conta no Twitter, Dani Alves ironizou escrevendo dizendo que seu pai o aconselhava a comer bananas para evitar cãibras e até mesmo postou um vídeo com a cena no Vine.

O site do jornal Le Monde deu destaque ao assunto e elogiou a reação de Daniel Alves, lembrando que o jogador foi vítima “de atos idiotas que infelizmente ainda acontecem nos estádios de futebol.”

O jornal francês também citou uma declaração do craque depois do jogo, onde ele explica que vive há 11 anos na Espanha e durante todo esse tempo sempre foi vítima de insultos do tipo.

O craque Neymar reagiu em apoio a Daniel Alves e publicou em suas contas no Twitter e no Instagram uma foto ao lado do filho, segurando uma banana.

A imagem viralizou e foi curtida por mais de 420 mil pessoas, dando origem ao hashtag #somostodosmacacos. Centenas de internautas publicaram imagens segurando uma banana, em solidariedade a Dani Alves.

<script async src=”//platform.vine.co/static/scripts/embed.js” charset=”utf-8″></script>