Arquivo da tag: São Paulo

Datafolha: governo de Haddad é aprovado por 17%

De A Tribuna On-line

Segundo pesquisa Datafolha publicada pelo jornal Folha de S. Paulo desta segunda, o prefeito de São Paulo segue mal avaliado pela população da capital paulista. O levantamento aponta que o político – prestes a completar um ano e meio no cargo – tem a sua administração considerada ótima ou boa por apenas 17% da população.

O número é semelhante aos 18% das duas pesquisas registradas em junho e novembro do ano passado. O governo de Haddad é considerado ruim ou péssimo para 36% dos ouvidos. Os que consideram regular, 44%. O Datafolha ouviu 1.101 pessoas na última semana. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o periódico, o petista fez menos do que o esperado para 77% dos entrevistados.  

Neste levantamento, o prefeito recebeu nota média de 4,8. Em novembro de 2013, a nota era 4,4

Homem desce do carro para colher mudas na Imigrantes e é baleado

A Tribuna|Egle Cisterna

Um homem foi baleado na madrugada deste domingo, na Rodovia dos Imigrantes, em Cubatão, depois de parar e descer do carro para pegar plantas medicinais na estrada.

A vítima,de 50 anos, voltava com a família para São Paulo, depois de passar alguns dias em Praia Grande.  Perto do Km 58 da Imigrantes, na Vila Esperança, em Cubatão, por volta da 0h50, ele avistou mudas de colônia, uma planta medicinal usada para fazer chá para controlar a pressão arterial.

O homem estava acompanhado da mulher, da filha e de uma amiga. Ao parar o carro no acostamento, não percebeu a presença de dois homens, que se aproximaram e, armados, renderam o funileiro.

Uma viatura da Polícia Rodoviária passava pelo local para checar uma denúncia de bandidos que estariam colocando pedras na rodovia naquele trecho, no sentido oposto, para obstruir a passagem de veículos e roubar motoristas. Percebendo a chegada dos policiais, os assaltantes, que estavam com a vitima sob a mira do revólver, começaram a atirar contra a viatura e houve troca de tiros.

O turista acabou ferido, alvejado pelas costas, e foi levado para o Hospital Modelo de Cubatão, em estado grave. Um dos policiais teve ferimentos leves provocados por estilhaços do para-brisas da viatura. Os dois criminosos, que usavam camisas para esconder o rosto fugiram pela mata e não foram localizados.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Cubatão e o Comando do 1º Batalhão de Polícia Rodoviária instaurou inquérito policial militar para registro e apuração dos fatos.

Até a tarde deste domingo, o quadro de saúde da vítima permanecia estável e ele não respondia a estímulos. 

Estações República e Luz da Linha 4-Amarela estão fechadas

De A Tribuna On-line

Estação Luz e República estarão fechadas até a meia-noite

Estação Luz e República estarão fechadas até a meia-noite

Neste domingo, 29 de junho, as estações República e Luz da Linha 4-Amarela estão fechadas durante todo o horário operacional (das 4h40 à meia-noite) para a execução de obras na futura estação Higienópolis-Mackenzie, sob responsabilidade da Companhia do Metropolitano de São Paulo. As estações República e Luz do Metrô funcionam normalmente e a operação nas demais estações da Linha 4-Amarela, no trecho entre Paulista e Butantã, segue normal.

 
A ViaQuatro, concessionária da Linha 4-Amarela, orienta os passageiros a utilizarem o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros e Faria Lima com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde.
 
Já os passageiros que estiverem na estação Luz devem utilizar a integração com a Linha 1-Azul do Metrô. Quem estiver na estação República pode fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha do Metrô para prosseguir sua viagem pelo sistema.
 
Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento 0800 770 7100, de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, e aos sábados e domingos, das 8h às 18h.
 
Serviço
 
Fechamento das estações República e Luz da Linha 4-Amarela
 
Data: 29/06/2014
 
Horário: 4h40 à meia-noite*
 
Operação:

Estação Paulista sentido República e Luz – Integração com a Linha 2-Verde do Metrô

 
Estação República – Integração com Linha 3-Vermelha do Metrô
 
Estação Luz – Integração com a Linha 1-Azul do Metrô
 
 
 
(*) Caso as obras terminem mais cedo, a reabertura das estações será antecipada

Celular é alvo de 57,7% dos roubos praticados em São Paulo

A Tribuna|Egle Cisterna

N/A

O número de registro de aparelhos é incluído em B.O

De objeto universal de desejo, os celulares acabam sendo os principais alvos de bandidos. De todos os roubos ocorridos no Estado de São Paulo nos primeiros cinco meses de 2014, 57,7% envolvem um aparelho de telefonia móvel. Entre todos os tipos de furtos, 25,9% são de celular.

Para tentar inibir esse tipo de crime, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) modificou, em maio, a forma como se registram essas ocorrências. Agora, as vítimas devem também informar o IMEI (International Mobile Equipment Identity) de celulares, que é um número único de identificação de aparelhos, independente de operadoras ou país de utilização. Esse número aparece na nota fiscal do equipamento.

A estudante Brenda, de 17 anos, pode ser um bom exemplo das estatísticas da criminalidade divulgada pela SSP nesta semana. Na última segunda-feira, ela foi vítima de um ladrão, que a abordou na Rua Amazonas, no Campo Grande, em Santos, por volta das 19h30, quando caminhava de volta para casa.

Pelo levantamento da SSP, 46,7% dos roubos acontecem com pedestres. Falar ao celular andando pela rua é uma combinação perigosa que atrai bandidos.

Brenda percebeu que o assaltante estava desarmado e tentou, sem sucesso, evitar a ação criminosa. Teve o smarthone de R$ 2 mil levado. Mas o inusitado, que não aparece em levantamento nenhum, é que ela conseguiu recuperar o seu aparelho em poucas horas, na mesma noite da ocorrência.

Redes sociais

Isso aconteceu porque os policiais militares que prenderam o ladrão usaram as redes sociais para localizar a dona do telefone. “Estávamos com o objeto de possível procedência ilícita e precisávamos localizar a vítima. Como sabia do grande número de acessos entrei em contato com o administrador de uma página do Facebook para ajudar no caso”, conta o PM Hallan Veiga. Em minutos, a foto começou a ser marcada por amigos de Brenda, que logo se identificou para os policiais.

“Uma hora depois, quando cheguei em casa, vi no Facebook que tinham pegado o ladrão e que os policiais estavam com meu aparelho no 1º DP (Distrito Policial). Nem acreditei. Achei que era um trote, pois nem tinha feito boletim de ocorrência, e até chamei minha mãe para me ajudar a confirmar a história”, lembra a jovem.

Da situação, ela tira algumas lições. “Nunca mais vou andar na rua falando ao celular. E aprendi também que fazer boletim de ocorrência é fundamental para ajudar a polícia a solucionar os casos, pois nem sempre eles podem contar com as redes sociais para encontrar os donos de objetos roubados”.

Líder de sem-teto da Copa do Povo sofre revés

28/06/2014

São Paulo, 28 – Coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), capaz de mobilizar 7 mil pessoas em menos de 24 horas para parar a cidade, Guilherme Boulos, de 32 anos, sofreu um revés de última hora nesta sexta-feira, 27, em sua tentativa de se tornar o herói da ocupação Copa do Povo. Depois de colocar contra a parede as principais autoridades do País para conseguir moradias destinadas às 3 mil pessoas que ocupam o terreno, Boulos foi surpreendido ao constatar que os contemplados com imóveis do Minha Casa Minha Vida deverão estar na fila do cadastro habitacional da Prefeitura.

Na prática, as moradias populares serão erguidas no terreno particular de Itaquera, mas não existe nenhuma garantia de que as famílias da ocupação serão as beneficiadas. Por orientação do Ministério Público Estadual, a Câmara Municipal e a gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) não podiam fazer no texto do projeto do vereador Police Neto (PSD) um direcionamento das moradias para os filiados do MTST – sob o risco de ver a lei anulada pela Justiça a médio prazo.

No momento em que percebeu a falta de garantia para as famílias da ocupação, na tarde desta sexta-feira, Boulos ficou visivelmente transtornado. O líder dos sem-teto chegou a bater boca de forma ríspida com o líder da bancada do PT e com outros parlamentares no meio da audiência pública para discutir as mudanças. “Isso aqui não resolve nada para nós”, disparou o coordenador do MTST. Em seguida, os vereadores aceitaram ceder e incluir uma emenda que permite a viabilização das moradias via parceria entre o programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal, e entidades de moradia paulistas.

Mas, apesar de aceitar a mudança, Boulos não poderá garantir às famílias que estão no terreno que serão elas as futuras moradoras da área. Nem garantir que será o MTST que vai construir e gerenciar os futuros conjuntos. “É errado fazer qualquer direcionamento. Não podemos juridicamente fazer isso. O MP tá de olho grande em cima de nós”, disse Alfredinho (PT).

Agora restará a Boulos tentar manobras junto ao governo federal e na Prefeitura para tentar colocar o MTST como parceiro do Minha Casa Minha Vida na construção dos 2.800 apartamentos previstos para o terreno da Copa do Povo.

Jogo do Brasil muda o trânsito hoje em São Paulo

Jogo do Brasil muda o trânsito hoje em São Paulo  

 
Estadão Conteúdo
A cidade de São Paulo terá bloqueios no trânsito hoje e amanhã por causa da Copa do Mundo. No centro, a partir das 9h, as Ruas Xavier de Toledo e Sete de Abril, a Ladeira da Esplanada e o Viaduto do Chá terão interdições ao tráfego. A previsão é de liberação às 20h. Essas vias ficam próximas do Vale do Anhangabaú, onde ocorre a Fan Fest da Fifa. Na Vila Madalena, na zona oeste, haverá interdições em ruas como a Wisard, a Girassol a Aspicuelta e a Inácio Pereira da Rocha. Apenas os moradores poderão entrar com seus veículos durante a restrição.
 
Além disso, na terça-feira, haverá novamente ampliação do rodízio. O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, anunciou a medida ontem. Na terça-feira, haverá jogo pela Copa do Mundo de futebol na Arena Corinthians, na zona leste da, entre Argentina e Suíça. A restrição irá vigorar entre 7h e 20h para veículos com placas de finais 3 e 4.
 
O secretário também disse que “acha possível” que a medida seja colocada em prática em dias de jogos da seleção brasileira disputados em outros pontos do País – se o time vencer o jogo hoje contra o Chile, vai voltar a campo na sexta-feira, em Fortaleza.
 
“A cidade fluiu e andou muito bem ontem (anteontem, quando o rodízio também foi ampliado), houve 25% a menos de congestionamento. Como há essa excepcionalidade da Copa do Mundo e o fechamento da Radial Leste e as festas dos turistas e do pessoal que vem para São Paulo, nós vamos instituir de novo, na terça-feira, o rodízio o dia todo, das placas (de finais) 3 e 4” disse Tatto, após evento promovido pelo Greenpeace na zona oeste.
 
De acordo com ele, parte das faixas exclusivas de ônibus à direita também voltará a funcionar durante a maior parte do dia, das 6h às 20h. Motoristas de outros veículos que invadirem esse espaço, que é exclusivo para o transporte coletivo, ficarão sujeito a receber multa.
 
Com a ampliação do funcionamento das faixas exclusivas, a Prefeitura tem o objetivo de estimular que as pessoas troquem os carros pelos ônibus para se locomover pela cidade.
 
Estudo
 
Questionado sobre a possibilidade de a extensão do rodízio para a maior parte do dia se tornar definitiva, e não apenas durante a Copa do Mundo, Tatto disse que há apenas um estudo. “Tudo o que acontece na cidade e que mexe com a mobilidade, a CET estuda e faz simulações. Então, isso está sendo um excelente laboratório para a CET. A primeira constatação é que eles (técnicos da empresa) estão impressionados com o comportamento dos motoristas, porque estão atendendo, e melhorou a velocidade média na cidade. Diferente, inclusive, das simulações que a própria CET estava fazendo.”
 
O secretário descartou a extensão do rodízio, que hoje vigora apenas nos horários de pico da manhã e da tarde, para o dia inteiro, de maneira permanente. “Não existe decisão nenhuma por parte do prefeito, da Prefeitura, e nem a Secretaria de Transportes sugeriu para o prefeito a extensão do rodízio de forma permanente.” 

SP terá rodízio ampliado na terça-feira, diz secretário

27/06/2014 

São Paulo, 27 – O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou nesta sexta-feira, 27, que o rodízio voltará a ter o seu horário estendido na próxima terça-feira, 01, quando a Arena Corinthians, na zona leste da capital paulista, receberá um novo jogo da Copa do Mundo de futebol. A restrição irá vigorar entre 7h e 20h para veículos com placas de finais 3 e 4. Ele também falou que “acha possível” que a medida seja colocada em prática em dias de jogos da seleção brasileira disputados em outros pontos do País – se o time vencer o jogo de sábado, 28, vai voltar a campo na próxima sexta-feira, 04, em Fortaleza.

“A cidade fluiu e andou muito bem ontem, houve 25% a menos de congestionamento. Como há essa excepcionalidade da Copa do Mundo e o fechamento da Radial Leste e as festas dos turistas e do pessoal que vem para São Paulo, nós vamos instituir de novo, na terça-feira, o rodízio o dia todo, das placas (de finais) 3 e 4”, disse o dirigente, após evento promovido pelo Greenpeace em Pinheiros, na zona oeste.

De acordo com Tatto, parte das faixas exclusivas de ônibus à direita também voltará a funcionar durante a maior parte do dia, das 6h às 20h. Motoristas de outros veículos que invadirem esse espaço, que é exclusivo para o transporte coletivo, ficarão sujeito a receber multa.

Com a ampliação do funcionamento das faixas exclusivas, a Prefeitura tem o objetivo de estimular que as pessoas troquem os carros pelos ônibus para se locomover pela cidade.

Questionado sobre a possibilidade de a extensão do rodízio para a maior parte do dia se tornar definitiva, e não apenas durante a Copa do Mundo, Tatto disse que há apenas um estudo. “Tudo o que acontece na cidade de São Paulo e que mexe com a mobilidade, a CET estuda e faz simulações. Então, isso está sendo um excelente laboratório para a CET. A primeira constatação é que eles (técnicos da empresa) estão impressionados com o comportamento dos motoristas em relação a isso, porque estão atendendo, e melhorou a velocidade média na cidade. Diferente, inclusive, das simulações que a própria CET estava fazendo.”

O secretário, no entanto, descartou a extensão do rodízio, que hoje vigora apenas nos horários de pico da manhã e da tarde, para o dia inteiro, de maneira permanente. “Não existe esse debate, não tem. A CET estuda todas as ideias que aparecem do ponto de vista da mobilidade. E fica na prateleira. Ou há estudos que vão se complementando. Isso passa por extensão do rodízio nas vias principais, ou essa ampliação do rodízio, ou você ampliar o número de placas do rodízio. Pedágio, lá traz eles já estudaram. Não existe decisão nenhuma por parte do prefeito, da Prefeitura, e nem a Secretaria de Transportes sugeriu para o prefeito a extensão do rodízio de forma permanente.”

PM é fuzilado em carro atingido por mais de 30 tiros

Estadão Conteúdo

Um policial militar lotado no Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi assassinado na noite desta quinta-feira,  no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, onde morava com a família. O carro do soldado Dayvid Lopes Athanasio, de 23 anos, foi alvejado com mais de 30 tiros. Pelo menos seis atingiram o corpo do policial que chegou a ser socorrido no Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu aos ferimentos.
 
Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) investigam se o assassinato de Athanasio foi encomendado por traficantes da região. O bando teria ordenado a morte de policiais que moram no Jardim Catarina, um dos bairros mais violentos da cidade. Em 2010, o então governador Sérgio Cabral anunciou que instalaria uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no local.
 
Outro caso
 
Na tarde de quinta, policiais da DHNSGI prenderam o estofador Felipe Charlie da Silva, 29 anos, no bairro Lagoinha, também em São Gonçalo. Ele é acusado de matar a tiros Weslen Pereira da Silva, Mário Filipe Eustáquio Nascimento e Andrei Lúcio da Silva Lima, em 25 de março, também no Jardim Catarina.
 
Silva, que já tinha passagem pela polícia por um homicídio cometido em 2011, foi reconhecido por testemunhas.

Funcionários da USP protestam contra prisão de aluno

Um protesto com cerca de 40 funcionários da Universidade de São Paulo (USP) interditou a rua Alvarenga, na altura da avenida Afrânio Peixoto, na zona oeste de São Paulo. O grupo protesta por aumento salarial e reivindicam a liberação de Fábio Hideki Harano, um jovem que estuda ciências sociais na universidade e trabalha no Centro de Saúde Escola, no Butantã, que foi preso na última segunda-feira após um protesto contra a Copa, na avenida Paulista.

Em nota divulgada na última terça, o Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp) informou que Fábio participava de uma “manifestação política legítima” e que ele estaria “sendo criminalizado pela repressão policial”. Hideki e outro manifestante foram detidos e acusados de porte de artefatos explosivos, associação criminosa e incitação de violência.

Segundo a Polícia Militar, os manifestantes bloqueiam a Portão 1 do Cidade Universitária.

Fonte: Terra

Polícia prende suspeito de sequestrar e matar policial em SP

A Polícia Civil de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, prendeu na noite desta quarta-feira o suspeito de ter sequestrado e matado o policial militar do 17º Batalhão da PM de Mogi das Cruzes, Rodrigo de Lucca Fonseca, que foi encontrado morto em um terreno em Suzano, na última terça-feira.

Segundo o delegado Marcos Batalha, da seccional de Mogi das Cruzes, Demerson Andrade de Carvalho, 21 anos, foi preso em uma casa em Calmon Viana, na cidade de Poá. Após ser levado para a delegacia, ele confessou ter participado do crime. Na casa do suspeito, policiais encontraram uma blusa que ele usava quando foi flagrado, por uma câmera de segurança, usando o cartão de crédito do policial.

Outro suspeito, que não teve o nome divulgado pela polícia, é investigado e procurado pelo crime. A dupla teria sequestrado o policial na última sexta-feira e, após descobrir a profissão da vítima, passaram a torturá-la.

O corpo do soldado foi enterrado na manhã de quarta-feira, em Mogi das Cruzes. 

Fonte: Terra

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio