Arquivo da tag: Sport Recife

Corinthians joga bem e goleia o Sport em Recife

Estadão Conteúdo

O técnico Mano Menezes tinha razão ao dizer que o Corinthians tem conseguido se sair melhor em jogos fora da casa. Neste domingo, o time deixou para trás o estigma de ter dificuldade em criar, fez uma boa partida e goleou o Sport por 4 a 1, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.
 
N/A

Romarinho e Guerrero foram os destaques da goleada por 4 a 1 sobre o Sport, na Ilha do Retiro
O clube paulista não vencia no estádio do Sport desde o Brasileirão de 1998. Com o resultado, o Corinthians volta a se aproximar do G4 e o time pernambucano, que ainda tem um jogo a menos – contra o Bahia, em 4 de junho, continua em uma posição intermediária da tabela de classificação.
 
O Corinthians soube aproveitar bem as chances de contra-ataque e fez a alegria da torcida corintiana que tomou boa parte do estádio e terminou o jogo com gritos de provocação e de “segunda divisão” para o time pernambucano.
 
No começo do jogo, o Sport tentou fazer a lição de casa e conseguia manter a posse de bola, mas acabou vencido pelos contra-ataques. O Corinthians não havia criado nenhuma jogada de perigo até os 19 minutos, quando Romarinho colocou os paulistas na frente no placar. A jogada do gol começou com Guerrero, que invadiu a área pela esquerda e mesmo marcado fortemente pela zaga conseguiu tocar para Jadson, que deu um toque rápido para Romarinho chutar de fora da área e marcar.
 
O Sport tentou reagir com o gol de Leonardo, aos 27 minutos, em jogada que o atacante do Sport ficou cara a cara com Walter e contou com a ajuda de Augusto, que atrapalhou a zaga do Corinthians para marcar.
 
Mas a reação do Sport não foi muito além desse gol de Leonardo e logo depois, Romarinho continuou a se destacar e jogar de forma leve e solta. E foi justamente após falta feita no atacante corintiano que o time conseguiu voltar a ter vantagem no placar. Na cobrança de falta muito próxima à área, Fabio Santos enganou o goleiro Magrão e Jadson deu um chute certeiro, que desviou na cabeça de Patric e entrou.
 
No segundo tempo, o Sport também começou com posse de bola e pressa, mas o histórico do jogo se manteve e foi o Corinthians que ampliou a vantagem no placar, aos 9 minutos. Jadson fez mais um gol, de pênalti, após Durval fazer falta na área e ser expulso.
 
Com o placar a seu favor, o Corinthians começou a trocar passes e administrar a partida. A torcida corintiana começou a gritar “olé” e os torcedores os rubro-negros vaiavam o time paulista. Mas, para o fim da esperança dos torcedores do Sport, Romarinho recebeu a bola livre na área para fazer mais um e decretar a goleada. Depois do gol, alguns torcedores pernambucanos começaram a deixar o estádio.
 
Com torcedores conformados, os jogadores sentiram que a partida já estava resolvida e tanto Sport quanto Corinthians diminuíram o ritmo e o placar ficou em 4 a 1 para o time paulista, que voltou a vencer no Recife com folga.
 
Pela oitava rodada do Brasileirão, o Corinthians recebe o Cruzeiro, no estádio do Canindé, em São Paulo, nesta quarta-feira, às 22 horas. Já o Sport recebe o Grêmio, também nesta quarta, às 19h30.
 
FICHA TÉCNICA
 
SPORT 1 x 4 CORINTHIANS
 
SPORT – Magrão; Patric, Ferron, Durval; Renê, Rodrigo Mancha, Augusto, Rithely; Renan Oliveira (Felipe Azevedo); Leonardo (Ewerton Páscoa) e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.
 
CORINTHIANS – Cássio (Walter); Fagner, Cléber, Gil; Fabio Santos Ralf, Bruno Henrique (Renato Augusto); Petros, Jadson; Paolo Guerrero e Romarinho (Luciano). Técnico: Mano Menezes.
 
GOLS – Romarinho, aos 19, Leonardo, aos 27, e Jadson, aos 37 minutos do primeiro tempo; Jadson (pênalti), aos 9, e Romarinho, aos 22 minutos do segundo tempo.
 
CARTÕES AMARELOS – Augusto e Patric (Sport); Bruno Henrique (Corinthians).
 
CARTÕES VERMELHOS – Durval e Neto Baiano (Sport).

Santos estreia contra o Sport neste domingo

A Tribuna|Sheila Almeida

Após uma experiência não muito boa de público (pouco mais de 2 mil pagantes no triunfo sobre o Mixto, pela Copa do Brasil), na quarta-feira, a Vila Belmiro reabre seus portões aos torcedores hoje, às 18h30, quando enfrenta o Sport, pela rodada inicial do Campeonato Brasileiro. A expectativa é boa: seguir com a invencibilidade em casa, já que arrancar com vitória na longa competição nacional pode fazer a grande diferença lá na frente.
 
O Peixe está com 100% de aproveitamento em seu estádio neste ano. Foram 12 jogos como mandante e 12 vitórias. Aliás, não só deste ano vem o melhor rendimento em casa. A última vez que o time perdeu dentro da Vila Belmiro foi dia 3 de novembro do ano passado, no 1 a 0 contra o Cruzeiro, pela 32ª rodada do Brasileirão. A Vila tem força, especialmente psicológica, sobre os jogadores santistas (e sobre os rivais também).
 
Parte da torcida, principalmente a que mora na Capital, tem especial preferência pelos jogos no Pacaembu – o que faz a diretoria do clube mandar algumas partidas longe de Santos. Boas rendas também ajudam a ampliar esta prática.
 
No entanto, na última entrevista coletiva, o técnico santista Oswaldo de Oliveira deixou bem claro que reprova veementemente qualquer mudança. E não tem medo de tocar no assunto, independentemente da quantidade de torcedores que vão à Vila Belmiro.
 
“A minha opinião é a Vila. Aqui nós nos sentimos bem. Santos é o berço do time. O gramado é favorável à forma que o nosso time joga. Por mim, se pudesse, fazíamos todos os jogos aqui”, diz o treinador, que não deixou de fora o tom crítico.
 
“Alguns desses jogos serão (fora) por circunstâncias da Copa do Mundo que requisitou o nosso gramado e o nosso estádio. Os outros, por questões comerciais ou financeiras. Eu sou contra. Admito que no mundo do futebol existe uma série de coisas em volta da gente, por exemplo o horário dos jogos. A partida contra o Mixto, quarta, às dez da noite por exemplo, não existe, mas…”, lembrou.
 
Ainda assim é impossível esquecer que no último jogo, por exemplo, o baixo público contra os matogrossenses rendeu um prejuízo de mais de R$ 40 mil para o Santos.
 
Nesta Páscoa, o Alvinegro espera mais gente. Tanto que o site anunciou a venda de ingressos para a partida de hoje com promoção. As entradas para sócios ficaram à venda pelo site sociorei.com.br até as 15 horas de ontem. Os ingressos para associados custam R$ 10 para as arquibancadas de sócio contribuinte dos portões 1/2 e 17, arquibancadas superiores dos portões 7/8 e 24 e R$ 15 para a arquibancada térrea lateral do portão 26.
 
Se uma vitória hoje fizer valer a vontade do treinador, o Santos sai na frente, aproveitando o seu gramado para conquistar pontos importantes. No ano em que o Brasil sedia a Copa e com as seleções hospedadas nas cidades sub-sedes, os clubes viram uma espécie de nômades por um tempo.
 
Assim, vale a pena aproveitar cada jogo (e cada momento) em sua casa, que também será usada no Mundial (vai receber a Costa Rica). O convite está feito ao torcedor: a Vila abrirá as suas portas para mais um Brasileirão.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio