Neymar ganha ação e Justiça suspende venda de revista Playboy

De A Tribuna On-line

N/A

Revista com a foto da jovem não poderá ser vendida

O atacante Neymar ganhou na Justiça uma ação que movia contra a revista Playboy, que na edição deste mês, usava seu nome sem autorização. A 3ª Vara Cível da Capital determinou a suspensão imediata da venda de novos exemplares.

Nota publicada nesta quarta-feira no site do jogador diz que a publicação masculina divulgou “uma mentira sobre a vida pessoal” do atacante, além de utilizar seu nome sem autorização da NR Sports, empresa detentora dos direitos de exploração da imagem, nome e seus atributos.

Também foi determinado à Editora Abril, a retirada de todos os exemplares que já estão à disposição do consumidor.

A revista Playboy, que traz a capa intitulada “A Morena que Encantou Neymar”, também não poderá ser veiculada de forma publicitária.

Caso a decisão judicial não seja cumprida, a editora poderá ser multada no valor de R$ 10 mil por dia.

A capa da revista Playboy de junho traz a morena Patrícia Jordane. Ela afirma ter tido um relacionamento com Neymar na virada do ano de 2012 para 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio

%d blogueiros gostam disto: