Inter humilha Vasco e aplica goleada histórica no Beira-Rio (Com vídeo)

Terra

Oito jogos sem vencer no Brasileiro, cinco derrotas consecutivas, seis partidas sem marcar gols dentro do campeonato e, agora, vítima da maior goleada do Brasileirão. Os números negativos do Vasco não têm fim. Nesta quarta, a equipe carioca viveu mais um triste capítulo de sua campanha em 2015. No Beira-Rio, foi presa fácil para o Internacional, que venceu por 6 a 0 no Beira-Rio. Ernando, Eduardo Sasha, Lisandro López (duas vezes), Valdívia e Nilton fizeram os gols colorados.

O Vasco entrou com uma proposta de congestionar o meio e apostar na experiência. Porém, a estratégia foi frustrada logo aos 10 minutos, com um gol de cabeça de Ernando marcado em uma falha coletiva dos cariocas na bola aérea defensivas. Sem forçar o ritmo, os gaúchos ampliaram a vantagem com Sasha antes do intervalo. No começo da etapa final, Lisandro matou de vez o jogo. Valdívia e Nilton fizeram dois golaços a seguir, e Lisandro fez mais um nos acréscimos.

Com a 15ª derrota em 22 jogos, o Vasco segue afundado na lanterna, estacionado nos 13 pontos. A equipe ganhou só três partidas, marcou apenas oito gols (não faz sequer um pelo campeonato desde 26 de julho) e sofreu 40 até agora. No próximo sábado, o desafio é ainda mais complicado: o vice-líder Atlético-MG, em São Januário. O Colorado sobe a 31, terminando o jogo em 8º lugar. A equipe de Argel Fucks entra em campo também no sábado, no Morumbi, diante do São Paulo.

O jogo – Com uma equipe bem experiente em campo, o Vasco procurou valorizar a posse de bola no Beira-Rio, fechando o primeiro tempo com 60% no fundamento. Aos quatro minutos, a equipe de Jorginho chegou com perigo pela primeira vez: Nenê bateu falta direto em vez de cruzar, buscando surpreender Muriel. Esperto, o goleiro colorado mandou para escanteio.

As coisas pareciam começar bem, até que em sua primeira chegada o Inter marcou. Aos 10, Alex levantou falta na cabeça de Ernando. Jordi hesitou ao sair e ninguém subiu com o zagueiro colorado, que desviou para as redes. O Vasco respondeu aos 21, com Julio dos Santos tentando encobrir Muriel de cabeça após falta levantada por Nenê, mas o goleiro do Inter espalmou. O time gaúcho chegou com perigo dois minutos depois, mas Alex atrapalhou Vitinho na hora da conclusão.

O jogo transcorreu em ritmo lento nos minutos seguintes. Aos 35, quase um replay do primeiro gol: Vitinho levantou falta na cabeça de Rodrigo Dourado, que desviou, lovre, para fora. Aos 39, o Inter ampliou sua vantagem após boa triangulação de Dourado e Valdívia. Vitinho recebeu e tocou para Sasha girar e bater no canto: 2 a 0. Os cariocas tiveram a chance de descontar após bobeada de Paulão e William na área. Christianno tentou encobrir Muriel e jogou longe, por cima.

Com Bruno Ferreira e Riascos em campo, o Vasco tentou voltar mais ofensivo para o segundo tempo. Porém, logo aos oito minutos sofreu o terceiro: Alex cruzou rasteiro, ninguém na defesa cortou e Lisandro López, que entrara no lugar de Vitinho, conferiu. Os jogadores vascaínos pediram falta do argentino em Christianno no começo da jogada, mas a arbitragem ignorou. Aos 12, Valdívia arriscou Aos 17, William cruzou na medida para Nilton, que mandou de sem pulo para as redes, fazendo outro golaço.

Completamente perdido, o Vasco rezava para o jogo terminar logo. O Inter diminuiu o ritmo, mas as chances seguintes foram todas suas. Aos 22, Geferson tentou cruzar e quase encobriu Jordi. Aos 33, Anderson cruzou, Lisandro escorou e Sasha não conseguiu completar. Aos 41, Sasha cruzou na cabeça de Rafael Moura e Jordi fez grande defesa na pequena área. No fim, Lisandro López fez mais um, após cruzamento de Anderson.

FICHA TÉCNICA INTERNACIONAL 6 x 0 VASCO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 2 de setembro de 2015, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Alessandro Rocha Matos (BA) e Márcio Eustáquio Santiago (MG)

Renda: R$ 309.055,00

Público: 15.021 (12.896 pagantes)

Cartões amarelos: Vitinho, Nilton e Rafael Moura (Internacional); Nenê (Vasco)

GOLS: Ernando, aos 10, e Eduardo Sasha, aos 39 minutos do primeiro tempo; Lisandro López, aos 8, Valdívia, aos 12, Nilton, aos 17, e Lisandro López, aos 45 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel; William, Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Nilton, Alex (Anderson) e Eduardo Sasha; Valdívia (Rafael Moura) e Vitinho (Lisandro López) Técnico: Argel Fucks

VASCO: Jordi; Serginho (Bruno Ferreira), Rodrigo, Luan e Christianno; Guiñazú, Julio dos Santos, Rafael Silva (Lucas), Andrezinho (Riascos) e Jorge Técnico: Jorginho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s